Seja Bem vindo(a)
 
 
 
  (91) 3224-6661
 
  Fale Conosco
Nossa História
Convênios
Contas Abertas
Palavra do Presidente
Facebook
Youtube
Últimas Notícias
Artigos
Estrutura
Legislação
Assessoria Jurídica
Consultas Online
Aniversariantes
Documentos
Clube do Livro
Links Importantes
 
Associações e Sindicatos
Empresário
 
Adepol do Brasil
Sindpol
 
 
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
 
05/10/2017
DELEGACIA DE REPRESSÃO A DEFRAUDAÇÕES PÚBLICAS DESARTICULA ESQUEMA DE CORRUPÇÃO NA CIDADE DE EM MÃE DO RIO, NORDESTE PARAENSE.

ASSOCIAÇÃO DOS DELEGADOS DE POLÍCIA DO PARÁ - ADEPOL/PA tem o orgulho de parabenizar a equipe de policiais civis da Delegacia de Repressão a Defraudações Públicas-DRDP/DRCO, que desarticulou um esquema de corrupção, por meio de pagamento de propinas, no município de Mãe do Rio, nordeste paraense.  

Estavam envolvidos no esquema o ex-prefeito da cidade, José Ivaldo Martins Guimarães, conhecido como "Badel", e vereadores. Hoje Por volta de 6 horas da manhã, a equipe de policiais civis cumpriu mandados de prisão e de busca e apreensão nas residências do vereador da cidade, Francisco Nonato de Souza Pereira, e do ex-vereador Lucídio Resende, mais conhecido por “Cacheado”. Os dois foram conduzidos e apresentados ao juiz da Comarca para serem ouvidos em audiência de custódia.

O ex-prefeito, que também teve mandado de prisão decretado nessa operação, já estava preso desde ontem, quando se entregou, na Divisão de Repressão ao Crime Organizado (DRCO), em Belém. Ele estava foragido desde abril deste ano, em decorrência de outra operação policial, denominada Dilúvio, em que é acusado de atuar em uma organização criminosa para desvio de dinheiro público no município. Coordenador da operação policial em Mãe do Rio, o delegado Carlos Eduardo Vieira, titular da Delegacia de Repressão a Defraudações Públicas (DRDP), vinculada à Divisão de Repressão ao Crime Organizado (DRCO), explica que as investigações versam sobre esquema de corrupção no Poder Executivo e no Legislativo Municipal.

As investigações, constataram que havia pagamento de propina a alguns vereadores da base adversária a fim de que apoiassem a base aliada ao então prefeito José Ivaldo à época de sua gestão à frente da Prefeitura da cidade. Segundo o delegado, o esquema funcionou como uma espécie de “mensalinho” em que havia a figura da corrupção ativa e passiva, crimes previstos no Código Penal Brasileiro respectivamente nos artigos 333 e 317. De acordo com Carlos Eduardo Vieira, as denúncias chegaram ao conhecimento da Polícia Civil por meio de outros vereadores do município. "O esquema ocorreu durante o período de mandato do prefeito Badel que governou a cidade até dezembro de 2016", ressalta.

A ADEPOL/PA, em nome de todos os associados e colaboradores, parabeniza o excelente trabalho do delegado Carlos Eduardo Vieira e toda a equipe de policiais civis da Delegacia de Repressão a Defraudações Públicas-DRDP/DRCO, que não mediu esforços para ter êxito em mais uma missão de combate à corrupção e fraudes no nosso Estado.


Ascom ADEPOL/PA
   
« Voltar
Área Restrita
Galeria de Imagens
Informativos Online
Informativos Online
Delegacias do Pará
Procurados
Publicidade:
Desenvolvido por:
CentrallWEB
Av. Presidente Vargas, 351, Ed. Palácio do Rádio, Apto. 1102
CEP: 66.010-000 - Campina - Belém/PA
Fones: (91) 3224-6661 / (91) 3222-0465
E-mail: adm@adepol.com.br / adepolpa@hotmail.com
Sistema Antistress:
Antistress